O produtor musical Paulo Henrique Garcia Castro foi assassinado a tiros nesse domingo (18) no passeio da casa onde residia, no bairro Frimisa, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Um trio de vizinhos da residência de frente é suspeito do crime. Um dos envolvidos foi preso em flagrante. Nas redes sociais, amigos fizeram homenagens à vítima. Paulo deixa quatro filhos.

De acordo com relatos de familiares dados à Polícia Militar, Paulo foi abordado quando retornava de uma caminhada pelo bairro, no fim da tarde. Ele foi cercado pelos vizinhos - um homem e os dois filhos dele, que carregavam uma arma de fogo e um bastão de madeira, e foi alvejado no ombro, no abdômen e virilha. Em seguida, o pai e o autor dos disparos fugiram de carro. O caso foi filmado por uma câmera instalada na casa da vítima.

Ainda segundo a PM, a vítima foi encontrada caída, com muito sangramento. Paulo foi socorrido pela irmã e levado a uma unidade de pronto-atendimento da cidade, ainda com vida. Ele recebeu cuidados médicos, mas não resistiu aos ferimentos.

Os militares foram à residência dos suspeitos e conversaram com a matriarca da família. Segundo a PM, ela informou que apenas um dos filhos estava no local e que não sabia o paradeiro do marido e do outro filho. O rapaz foi abordado e, por aparecer nas imagens registradas pela câmera junto ao atirador e ao pai, foi preso em flagrante. 

Ainda na residência, a perícia localizou e apreendeu dois estojos de munição calibre .9 milímetros. Um bastão de madeira também foi recolhido. Os demais envolvidos no crime não foram localizados. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Santa Luzia, que investigará o crime.

Homenagens

Nas redes sociais, amigos do músico prestarem homenagens ao artista. Entre eles, o produtor de eventos Roger Melo e a dupla Rick & Nogueira. Veja:

Leia mais:
Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica lança campanha para explicar 'doença do silicone'
CFM diz no Senado que não aprova tratamento precoce contra Covid-19
BH autoriza volta às aulas presenciais no dia 26; retorno começa pelo ensino infantil