A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (FAEMG) se reúne, na tarde desta segunda-feira (4), com produtores rurais atingidos pelo rompimento da barragem da Vale, no último dia 25 de janeiro. O encontro acontece na Câmara Municipal do município. 

As vítimas terão acesso a equipes de assessoria jurídica, técnica e ambiental. Além disso, profissionais da promoção social, vão levantar as principais necessidades dos produtores.

Atingidos

Nesta segunda-feira, o Hoje em Dia mostrou que a rotina de cerca de 180 famílias de produtores rurais foi destruída pelos 12 milhões de metros cúbicos de rejeitos de minério após o rompimento da barragem no Córrego do Feijão. As verduras e legumes eram vendidos na Central de Abastecimento de Minas Gerais (CeasaMinas), sacolões de Belo Horizonte e de municípios da Região Metropolitana.

O número de mortos na tragédia chegou a 134, sendo 120 identificados pelo IML. Segundo boletim divulgado pela Defesa Civil, 199 continuam desaparecidos. Os localizados são 394. A próxima atualização será feita na quarta-feira (6).

Leia mais:
Vale divulga lista com nomes de 114 mortos identificados em Brumadinho; confira
CPI para apurar tragédia de Brumadinho é protocolada na Assembleia de MG
Vale divulga lista com nomes de 114 mortos identificados em Brumadinho; confira

Número de mortos em Brumadinho sobe para 134, com 120 identificados e outros 199 ainda desaparecidos