Produtores rurais de nove municípios atingidos pelo rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, estão recebendo água para consumo humano, animal e irrigação. Além de Brumadinho, o apoio é destinado a agricultores de Florestal, Mario Campos, São Joaquim de Bicas, Betim, Igarapé, São José da Varginha, Pará de Minas e Esmeraldas. Segundo a mineradora Vale, responsável pela barragem, foram disponibilizados cerca de 5,1 milhões de litros de água, até a última terça-feira (12).

Os produtores que desejam solicitar o fornecimento devem entrar em contato pelos canais de atendimento disponibilizados pela empresa: 0800 031 0831 (Alô Brumadinho), 0800 285 7000 (Alô Ferrovias) e 0800 821 5000 (Ouvidoria da Vale).

Também é possível buscar informações presencialmente nos Postos de Atendimento da Vale ou pelo e-mail:abastecimento.agua@vale.com.

O acidente com a barragem da Vale foi no dia 25 de janeiro. Com o rompimento, a lama cobriu propriedades rurais e contaminou a água de rios, prejudicando o trabalho de pequenos agricultores. O último balanço do Corpo de Bombeiros aponta 166 mortos e 118 desaparecidos.

Leia mais:
Vale não aceita termo de ajustamento; decisão é adiada mais uma vez
Familiares de mortos em Brumadinho rejeitam proposta da Vale
Vale é 'joia brasileira' e não pode ser condenada por um acidente, diz presidente da empresa