Nesta sexta-feira (15), os fiéis celebram o dia da Padroeira de Belo Horizonte. A festa da Assunção de Nossa Senhora é uma das mais antigas da Igreja, comemorada desde o ano 600. De acordo com a Arquidiocese de Belo Horizonte, o objetivo da celebração é lembrar as virtudes, os sofrimentos e as obras de Nossa Senhora. A Assunção foi declarada um dogma da Igreja em 1950 pelo Papa Pio XII. Uma programação montada especialmente para comemorar esse dia foi montada. Acompanhe abaixo.
 
15 de agosto
15h: saída da procissão com a imagem de Nossa Senhora da Boa Viagem, da paroquia de São José, em Confins 
16h: momento de oração conduzido por dom Wilson Angotti no terreno da Catedral Cristo Rei
16h30: terço na rua Curitiba - praça da Rodoviária
17h: recepção da Imagem de Nossa Senhora da Boa Viagem e procissão luminosa para a Paróquia (percurso pela avenida Afonso Pena em carro do Corpo de Bombeiros)
18h: missa campal presidida por dom Walmor Oliveira de Azevedo, transmitida pela TV Horizonte e pela Rádio América (AM 750) - Emissoras da Rede Catedral de Comunicação Católica.
 
Oficialização como padroeira de Belo Horizonte
Com o título de Boa Viagem, Nossa Senhora foi oficializada como padroeira de Belo Horizonte a pedido do cardeal mineiro dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Mota. No entanto, na capital, a devoção à Santa começa no início do século XVIII, quando os primeiros portugueses chegaram ao povoado que deu origem a Belo Horizonte: o Arraial do Curral Del Rey.
 
(*Com Arquidiocese de Belo Horizonte)