Quem sonha em fazer um curso superior ainda neste semestre, mas perdeu o prazo do Sisu e não tem condição de arcar com a mensalidade, pode conseguir até 70% de desconto para iniciar as aulas imediatamente. É que o Educa Mais Brasil, programa de inclusão educacional de iniciativa privada, oferece 28.700 mil bolsas de estudo em Minas Gerais. 

No Estado, dezenas de instituições participam da plataforma com 800 cursos. Dentre os disponíveis estão: administração, arquitetura, direito, ciências contábeis, enfermagem, nutrição, pedagogia, logística, marketing, engenharia civil, engenharia da computação, letras e outros. Os descontos, que variam de 30% a 70%, são para as modalidades presencial e a distância (EAD).

Em Belo Horizonte, as faculdades Promove e Kennedy são algumas das cadastradas no programa. As instituições oferecem mensalidades mais baratas em diversos cursos, incluindo medicina veterinária, direito e o renomado gastronomia. No Brasil, são mais de 400 mil vagas disponíveis em 25 mil instituições. 

Além das quase 30 mil vagas de graduação, o Educa Mais Brasil também dá descontos em cursos de educação básica, tecnólogo e pós-graduação.

Como conseguir a bolsa de estudo

Um dos diferenciais do programa é que os candidatos não precisam ter prestado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para concorrer aos descontos. Os interessados devem entrar no site do Educa Mais Brasil até o dia 31 de março e fazer o cadastro. 

Basta acessar educamaisbrasil.com.br, clicar na modalidade graduação e, depois, escolher a cidade, o curso ou a instituição. Na sequência, o candidato deve preencher os dados pessoais solicitados pelo programa.

A inscrição é gratuita e o pagamento da pré-matrícula deve ser realizado após a divulgação do valor da bolsa. Conforme o Educa Mais Brasil, havendo vaga disponível, a aprovação é imediata.

Confira um tira-dúvidas do programa:

Quem pode ter a bolsa de estudo?
Todas as pessoas que não tenham condições de estudar sem o benefício.

Quais os critérios de avaliação para ser contemplado?
Não ter condições de pagar o valor total da mensalidade e não possuir vínculo educacional na instituição de ensino que deseja a bolsa, a não ser que o candidato esteja cursando a graduação e queira uma bolsa de pós-graduação.

O que fazer para participar do programa?
Acessar o site www.educamaisbrasil.com.br e fazer a inscrição gratuita, escolhendo o curso, série e informando os dados pessoais e socioeconômicos. Havendo vaga disponível, a aprovação é imediata.

Quando posso me inscrever no programa?
Quando quiser! As inscrições estão abertas o ano inteiro.

Leia mais:

Primeira chamada do ProUni já está disponível na internet

MP do ensino domiciliar deve ser publicada até 15 de fevereiro

Curso gratuito de agente ambiental será ofertado pela PBH