Oitocentas caixas e 40 mil maços de cigarros contrabandeados, fabricados no Paraguai, foram apreendidos pela Polícia Militar (PM), na madrugada deste sábado (21), em uma propriedade rural no distrito de Hermilo Alves, em Carandaí, região Central de Minas Gerais. A carga estava em uma carreta bitrem, uma caminhonete e em outros dois caminhões baú, também apreendidos. Duas pessoas, com identidades não divulgadas, foram presas durante a ação.

Os militares receberam denúncia de que o motorista da carreta estava em atitude suspeita na BR-040, fazendo contato com os condutores dos outros dois veículos apreendidos. A informação dava conta, ainda, de que os caminhões teriam acessado uma estrada às margens da rodovia, sentido à localidade de Ressaca. 

Iniciada a operação, a polícia localizou um quarto veículo, com cerca de 18 caixas do cigarro. O indivíduo que estava no carro informou que havia comprado a mercadoria em uma propriedade rural de Hemilo Alves, na qual os militares encontraram a carreta bitrem e mais dois caminhões baú carregados com o mesmo produto.

Todo o material apreendido, as duas pessoas presas e uma testemunha foram levados para a delegacia da Polícia Federal (PF), em Juiz de Fora, na Zona da Mata, para as demais providências. A ocorrência ainda está em andamento na PF.

Leia mais:
Idoso morre após colisão entre caminhão e carro na BR-381, em Caeté; dois ficaram gravemente feridos
STJ nega soltura de delegado acusado de chefiar esquema em transferência de veículos em Santa Luzia
Grupo faz manifestação em BH contra morte de homem negro dentro de supermercado em Porto Alegre