Quatro pessoas foram presas nesta terça-feira (18), durante uma operação contra o tráfico de drogas sintéticas, em São João del Rei, região Central de Minas. Segundo a Polícia Civil, que coordenou a ação, as investigações mostraram que a droga comercializada pelo grupo vinha do Rio de Janeiro e de São Paulo.

De acordo com a corporação, um integrante do grupo, que mora no Rio de Janeiro, recebia as encomendas e fazia o translado das drogas até São João Del Rei. Um morador da cidade, conhecido por promover festas, comercializaria as drogas sintéticas (LSD e ecstasy) por meio de aplicativo de celular, em casas noturnas, festas em repúblicas universitárias e exposições agropecuárias.

Segundo a polícia, o comércio de drogas afetava São João Del Rei e região e movimentava grandes quantias em dinheiro.

Durante a ação, foram cumpridos 13 mandados judiciais, sendo quatro de prisão, sete de busca e apreensão e dois de condução coercitiva. Foram apreendidos quatro automóveis, uma motocicleta, nove comprimidos semelhantes a ecstasy, cinco aparelhos celulares e R$ 300 em dinheiro.

Entre os envolvidos estão universitários, promoter de eventos, DJ, comerciante e instrutor de educação física. Ainda de acordo com a polícia, todos os suspeitos possuem poder aquisitivo elevado e são frequentadores de casas de festas.