Quatro supostos arrombadores de caixas eletrônicos foram presos, na madrugada desta quinta-feira (28), em Contagem, na região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com os militares do 18º Batalhão da Polícia Militar, durante um patrulhamento de rotina avistaram um Fiat Siena com as portas abertas na rua Coqueiros, no bairro Fonte Grande. Na abordagem, dois homens que estavam no interior do carro saíram correndo.

Os outros dois ocupantes do veículo, Bruno de Souza Ribeiro, de 23 anos, e Vitor Augusto Pereira, de 24 anos, não conseguiram fugir. Dentro do Fiat Siena, havia uma dinamite, várias ferramentas e uma barra de ferro. A suspeita é que o material seria usado para explodir um caixa eletrônico no município. Enquanto, os militares interrogavam os dois suspeitos presos, vizinhos ligaram para a polícia afirmando que dois homens haviam pulado o muro de uma casa e se escondido em uma garagem.

Diante da informação, os policiais se deslocaram para o endereço, onde prenderam os comparsas Willian Henrique de Souza Santos, de 23 anos, e Paulo Henrique Teixeira Coelho, de 20 ano, que teriam corrido. Ainda conforme a PM, o carro onde os quatro estavam era roubado e estava com a placa clonada. Eles não assumiram que o explosivo seria usado para arrombar caixas eletrônico e nem explicaram o que iriam fazer com o produto. Os quatro têm várias passagens pela polícia, inclusive por assalto a bancos. Com eles foi apreendido um revólver calibre 38 que teria sido jogado na rua pela dupla que teria corrido. Os suspeitos foram levados para a Delegacia de Plantão de Contagem.