Quase R$ 200 mil foram furtados de uma agência da Caixa Econômica Federal localizada na movimentada avenida Cristiano Machado, no bairro Renascença, na região Nordeste de Belo Horizonte. O crime só foi descoberto no fim do expediente bancário desta sexta-feira (24), por volta de 15h08.
 
De acordo com denúncia recebida pelos militares do 16º Batalhão da Polícia Militar, dois homens teriam invadido a tesouraria do banco e fugido com a alta quantia em dinheiro dentro de um saco vermelho.
 
Por meio de consulta das imagens do circuito interno de segurança da agência bancária, o gerente viu que um dos suspeitos usava blusa listrada rosa, é magro e tem 1,70 de altura. O outro também estava bem vestido.
 
Há suspeita de que algum funcionário ou ex-funcionário esteja envolvido no furto, uma vez que a entrada na tesouraria do banco é restrita.
 
Até o momento desta publicação, nenhum suspeito ainda havia sido identificado ou preso. O caso será investigado pela Polícia Federal.
 
 
Mais um caso
 
Também na tarde desta sexta, uma pessoa foi vítima do crime conhecido como saidinha de banco na região do Barreiro, na capital mineira.
 
Segundo informações dos 41º Batalhão, a vítima contou que sacou R$ 3.600 em uma agência do Banco Bradesco, que fica no bairro Milionários. Porém, quando saiu do banco, foi surpreendida por dois homens que estavam armados e em cima de uma moto. Em poucos minutos, a dupla anunciou o assalto e fugiu com o dinheiro em alta velocidade.
 
A vítima não foi ferida e os autores do crime também estão foragidos.