Quatro pessoas foram presas após promoverem assaltos em série a turistas que estavam em restaurantes de Macacos, distrito de Nova Lima, na Grande BH, na madrugada deste domingo (23). A ocorrência foi registrada na rua Dona Maria da Glória, o principal corredor do vilarejo.

De acordo com a Polícia Militar, três homens e uma mulher, com idades entre 22 e 31 anos, chegaram à comunidade armados e foram a um restaurante, onde roubaram celulares, dinheiro e pertences dos clientes. Em uma outra pizzaria, mais objetos foram roubados, além de um veículo.

Após a ação criminosa, os criminosos fugiram no veículo tomado de assalto, um Siena, mas acabaram estourando o pneu do carro na saída da estrada de Macacos, para acessar a BR-040. Com o problema mecânico, os criminosos fugiram a pé e se esconderam dentro de uma área de mineração da Vale, às margens da rodovia. 

A Polícia Militar iniciou buscas no local, se esconderam em pontos estratégicos do terreno, usaram o sistema de localização dos celulares roubados e conseguiram deter os criminosos quando tentavam fugir novamente em um outro carro. 

Com o grupo, a PM apreendeu sete smartphones, R$ 674 em dinheiro e a arma de fogo usada. Um dos assaltantes cumpria pena em regime semiaberto por roubo e tráfico de drogas. A esposa dele e os outros dois criminosos não tinham passagens policiais. 

Os clientes dos restaurantes reconheceram os assaltantes e todos confessaram ter participado do crime. Aos policiais, o grupo contou que estava monitorando os restaurantes de Macacos a alguns dias, planejando o assalto. Os integrantes são de Belo Horizonte e Brumadinho.

Todos foram encaminhados à Central de Flagrantes da Polícia Civil (Ceflan) no Barreiro.