Quatro são indiciados por extração ilegal de madeira na região Central de Minas

Hoje em Dia
22/06/2015 às 12:04.
Atualizado em 17/11/2021 às 00:35
 (Polícia Civil/Divulgação)

(Polícia Civil/Divulgação)

Quatro homens foram indiciados por crime ambiental, furto qualificado e associação criminosa. Dois dos suspeitos tiveram a prisão decretada, mas um está foragido.   Segundo a Polícia Civil, o grupo é acusado de extrair ilegalmente madeira na região da Serra do Cabral, nos municípios de Augusto Lima e Buenópolis, região Central de Minas. A operação que resultou nas prisões foi denominada "Serra Pelada".   Conforme o delegado André Pelli, a investigação teve início em abril deste ano quando os policias abordaram José Geraldo dos Santos tentando extrair eucalipto da Fazenda Advera. O caminhão do suspeito estava carregado com madeira.   Após o flagrante, a polícia desobriu que não tratava-se de um fato isolado, mas de um complexo esquema de furtos, transporte irregular e receptação de madeira, que contava com a participação, inclusive, de uma conhecida madeireira de Curvelo.   Pelos crimes, foram indiciados Fábio de Souza Fernandes, Marcus Túlio Batista de Oliveira, José Geraldo dos Santos e Valdivino Batista de Oliveira.   Além do indiciamento, foram expedidos mandados de prisão para Fábio e Marcus uma vez que, de acordo com Pelli, eles estariam constrangendo as testemunahs e vítima do caso a prestarem declarções mentirosas.   Na casa de Marcus, os policiais encontraram duas armas de fogo e munições. Por isso, ele também foi autuado por posse ilegal de armas. Já Fábio não foi localizado e está foragido.

Compartilhar
Logotipo Hoje em DiaLogotipo Hoje em Dia

Fale conosco: (31) 3253-2207

ASSINEDigitalATENDIMENTO AO ASSINANTEBelo Horizonte 31 3236-8000Interior 31 3236-8000
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por