A queda de um ônibus de turismo de um viaduto da BR-381, em João Monlevade, na região Central de Minas, nesta sexta-feira (4), provocou uma interrupção na viagem do trem de passageiros que havia saído do Espírito Santo em direção a Belo Horizonte. Isso, porque o veículo acidentado caiu sobre os trilhos da Estrada de Ferro Vitória/Minas.

De acordo com a Vale, a empresa paralisou a operação ferroviária no local e avalia alternativas para a viagem do trem de passageiros que está em curso no sentido Espírito Santo a Belo Horizonte. Ainda não há informações se as viagens deste sábado (5) pela ferrovia estão confirmadas.

A Vale disse ainda que lamenta o acidente e que colocou à disposição as suas equipes para apoiar as ações de resgate e atendimento às vítimas. Foram confirmadas 14 mortes e 26 feridos, conduzidos para hospitais de João Monlevade e cidades vizinhas.

Leia mais:
Ônibus que caiu de viaduto em João Monlevade era clandestino; BR-381 foi interditada para perícia
Feridos em grave acidente são levados para hospitais de Monlevade; capacidade preocupa
Sobe para 14 o número de mortos em queda de ônibus na BR-381, em Monlevade
Zema disponibiliza estrutura do Estado para salvar vítimas de ônibus e critica situação da BR-381