A taxa de contágio da Covid-19 apresentou ligeira queda em Minas, mas pode indicar redução na curva de novos casos. Na terça-feira, o índice estava 1,01 – um doente transmite para outra pessoa – e, nesta sexta, chegou a 0,9. Porém, às vésperas do Dia dos Pais, o alerta para evitar comportamentos capazes de favorecer o avanço da doença é reforçado. [/TEXTO]

A pandemia já provocou a morte de 3.381 mineiros. Ao todo, 76% dos óbitos são de idosos. O secretário-adjunto da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Marcelo Cabral, fez um apelo à população para que não baixe a guarda. Ele pediu cautela aos filhos nas celebrações deste domingo.

“Sou pai. A gente quer estar próximo, mas caso seja recomendável, a depender de uma situação de pai mais idoso, se possível for, tente pensar nessa aproximação levando em consideração o momento que estamos vivendo”, afirmou Cabral. 

O secretário reforçou os cuidados a serem tomados para evitar a contaminação. “São as mesmas recomendações. É preciso manter toda a atenção ao distanciamento, uso de máscaras, higienização, aquilo tudo que a sociedade aprendeu”.

Além dos mais das 3 mil mortes por Covid, Minas tem 147.323 casos confirmados. Cabral reconheceu que há atrasos nas notificações, mas informou que o Estado atua para diminuir essa demora. “Temos feito esforços e contato junto aos municípios para que a colocação de dados seja o mais rápido possível para trazer informações adequadas”, acrescentou.