Um rapaz de 23 anos, Bruno Rodrigues Pereira, foi preso e é apontado pela Polícia Civil (PC) como suspeito de envolvimento na morte de um dos líderes da Ocupação Vitória, no bairro Granjas Werneck.

Ricardo Freitas Miranda, de 36 foi executado a tiros, na noite do dia 22 de novembro de 2015. Uma pessoa que acompanhava a vítima no momento da ação também ficou ferida.

O delegado responsável pelo caso é Sérgio Paranhos e, de acordo com as investigações, a rivalidade entre vítima e suspeito teria começado depois que Ricardo chamou a atenção de um adolescente que vendia drogas no local. Bruno gerenciava o comércio de entorpecentes na região e não gostou da atitude do líder da Ocupação.