Um motim de detentos no Centro de Remanejamento do Sistema Prisional de Ipatinga, no Vale do Aço, terminou de forma trágica nesta segunda-feira (19). Um preso, identificado como Eduardo Henrique de Souza, morreu.

De acordo com a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), ele foi encontrado sem vida em uma das celas. A causa do óbito ainda não foi esclarecida e será investigada.

Além disso, outros oito detentos ficaram feridos durante a rebelião. Todos foram encaminhados para Unidades de Pronto-Atendimento do município com lesões diversas.

Ainda conforme a Seds, o motim começou por volta das 2h quando alguns detentos começaram a quebrar aleatoriamente as celas na tentativa de realizar uma fuga em massa. O ato cresceu e presos em outras galerias aderiram ao movimento.

Paredes foram quebras e várias celas ficaram destruídas ou danificadas. Além dos agentes que trabalham no local, militares do Grupamento de Intervenção Rápida (GIR) e do Comando de Operações Especiais (COPE) controlaram a situação no Ceresp.

Segundo a Seds, ainda não há registro de fuga registrada.

ceresp ipatinga rebelião

Familiares aguardam ansiosos por notícias dos detentos aprisionados na unidade