A Polícia Civil investigará a morte de um bebê encontrado abandonado, dentro de um banheiro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte, no bairro Primeiro de Maio, em Belo Horizonte. O delegado responsável pelo caso aguarda a alta da possível mãe da criança, que até está segunda-feira (13), ainda estava internada.
 
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte (SMSA), a suspeita pelo aborto e abandono deu entrada no local às 4h deste domingo (12), se queixando de dor ao urinar, vômito e dor abdominal. Após ser atendida, medicada e colocada sob observação, ela solicitou para ir ao banheiro.
 
Ainda conforme a SMSA, por volta das 5h30, a mulher chamou uma enfermeira, dizendo que foi ao banheiro sentindo dor e que havia um bebê no vaso sanitário. A recém-nascida chegou a ser atendida, mas faleceu. O bebê era do sexo feminino, com 33 semanas de gestação e pesava por volta de um quilo. A paciente foi transferida para a urgência do Hospital Odilon Behrens e o corpo da criança foi encaminhado ao IML.
 
Conforme a Polícia Civil, o delegado Rafael de Faria, da 4ª Delegacia de Venda Nova, aguarda o encerramento da ocorrência pela Polícia Militar e também a alta da suspeita. Exames serão feitos para verificar se a mulher de fato estava grávida ou não. Ela também deverá ser intimada para ser ouvida, após ganhar alta.