O Corpo de Bombeiros prossegue, na manhã desta segunda-feira (11), no combate ao fogo que atingiu a fábrica têxtil Ematex, no bairro Prado, região Oeste de Belo Horizonte. Por causa do trabalho de rescaldo, que já dura quase 24 horas, uma faixa da avenida Tereza Cristina, no sentido Centro, está interditada.

A BHTrans explicou que, para auxiliar os militares, teve que bloquear o trânsito na altura da avenida Nossa Senhora de Fátima e do viaduto Itamar Franco. A interdição provoca uma longa fila de veículos em várias ruas e avenidas próximas

Segundo a empresa que gerencia o tráfego na capital, a situação é mais crítica no trecho até a avenida Juscelino Kubitschek, na altura da avenida Vereador Cícero Idelfonso. Há reflexos ainda na rua Bom Sucesso, trecho entre Padre Eustáquio e avenida Tereza Cristina. 

Além da lentidão do trânsito, a BHTrans também monitora as linhas de ônibus 34, 4033, 8405, 9410 e 9412. Ainda não há previsão para liberação total da pista.

Incêndio

O fogo começou às 7h56 de domingo (10) e foi controlado por voltas das 11h30. Porém, conforme o major Santana, comandante do 1º Batalhão, a água não apaga as chamas de imediato. Além disso, os militares precisam descansar por causa do calor intenso e retomam o trabalho em seguida. “Vamos fazer o rescaldo e esperamos que durante a manhã podemos liberar as dependências da fábrica para uma vistoria”, conclui.

Ainda de acordo com o militar, os caminhões-pipa da empresa ajudaram no combate, mas durante o dia as viaturas utilizaram os hidrantes do bairro Prado para abastecer. A estrutura do prédio foi comprometida e todo material que está dentro da fábrica foi destruído. 

A causa do incêndio segue desconhecida.

 

 

Leia mais:
Bombeiros vão passar a madrugada atuando no combate a incêndio em fábrica da região Oeste de BH
Incêndio de grandes proporções atinge fábrica na avenida Tereza Cristina, no Prado