Chegando à reta final, as vendas de abadás para o Carnaval de Abaeté, região Central de Minas, apontam para um público duas vezes maior do que o do ano passado. Até a última quarta-feira (11), cerca de 8 mil ingressos para o camarote do Abaeté Folia 2015 tinham sido vendidos. No mesmo período de 2014, a média foi de 3.700. “Nunca vendemos tanto quanto neste ano. A cidade já está totalmente diferente por causa dos turistas que começaram a chegar”, afirma o organizador do evento, Alexandre Lucas.

Em cinco dias de folia – desta sexta-feira (13) até terça-feira –, a expectativa é a de que aproximadamente 15 mil pessoas acompanhem as atrações, diariamente. Dentre elas, o grupo É o Tchan, o sertanejo Gusttavo Lima e o MC Guimê.

Para Alexandre Lucas, a grade de shows e o cancelamento da festa em outros municípios mineiros foram os grandes responsáveis pela atração de público recorde. “Dessa vez, também vendemos mais para turistas de outros estados, como Bahia, Paraíba, Ceará, São Paulo, Espírito Santo, Paraná, Rio Grande do Sul, Goiás, Mato Grosso do Sul e Brasília”.

Na festa aberta ao público, organizada pela prefeitura, a estimativa é a de que 9 mil pessoas compareçam, por dia, à praça Doutor Canuto, onde haverá apresentação de bandas e trio elétrico.

De acordo com a administração municipal, a direção da Copasa já assegurou que não há risco de faltar água nos próximos dias, principalmente em virtude das chuvas que a cidade recebe desde a semana passada.

Pompéu

No Carnaval de Pompéu, também na região Central, são esperados até 25 mil foliões diariamente, cerca de 10% a mais do que em 2014. Segundo um dos organizadores do evento, Reinaldo Valadares, os abadás VIP já estão esgotados, restam apenas ingressos para os camarotes.

“Sempre temos turistas da Argentina, Espanha, Canadá. Até da África do Sul já vieram. Neste ano, as atrações são muitas. Teremos Tomate, considerado o maior puxador de trio elétrico do Brasil, Cristiano Araújo, Monobloco e, aproximadamente, 20 DJs”, antecipa Valadares.

De acordo com ele, a exemplo de Abaeté, a cidade tornou-se opção, também, para quem ia curtir o Carnaval em um dos municípios que cancelaram a festa de Momo.

“Pompéu não depende de barragens, açudes, lagos nem lagoas. A Copasa, há muitos anos, em parceria com a prefeitura, vem criando poços artesianos que vão garantir uma reserva de água maior do que a do ano passado”, afirma o organizador.

A programação gratuita, de responsabilidade da prefeitura, também terá início nesta sexta-feira (13), a partir das 21h. Axé, sertanejo, zumba e samba estão incluídos na relação de shows.

Informações sobre as festas em Abaeté e Pompéu nos sites: abaetefolia.com.br e centraldoseventos.com.br