O restante do pagamento do 13º dos servidores estaduais pode ser feito ainda neste ano ou até mesmo em janeiro, informou o governador de Minas, Romeu Zema (Novo), em entrevista coletiva na Cidade Administrativa nessa segunda-feira (14).

Segundo o gestor, caso a privatização da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) seja aprovada, o Estado terá condições de fazer a quitação com mais agilidade.

“Nós estaremos pagando uma parcela de R$ 2 mil neste mês, que vai estar quitando o 13º de quase 40% do funcionalismo. Sobre janeiro, temos de esperar o final do ano ou início do mês para que a Fazenda tenha uma previsão”, explicou.

Leia também:

Pagamento da última parcela do IPTU 2020 sem juros vence nesta terça-feira em Belo Horizonte

Médicos e enfermeiros exauridos são mais um desafio do momento atual da pandemia em Minas