A mistura de braços mecânicos, rodinhas, engrenagens e sensores, ao som do hip hop, vai levar estudantes mineiros de São Tiago, no Campo das Vertentes, ao México. Com tecnologia, criatividade e trabalho em equipe, seis alunos da Escola Estadual Afonso Pena Júnior desenvolveram um grupo de robôs dançarinos. A coreografia inusitada rendeu aos meninos a medalha de prata na Olimpíada Brasileira de Robótica e a chance de representar o Brasil na RoboCup 2012, a principal competição do gênero no mundo.

No próximo domingo, Matheus, Alisson, Júlio, Saulo, Pedro e Talles embarcam para o país da América do Norte. Eles têm entre 12 e 13 anos e cursam o 8° e 9° anos do ensino fundamental. Os jovens estarão acompanhados dos professores Alda de Paiva Castro, Ronaldo Antônio de Castro e Antônia Beatriz de Oliveira Silva. A competição vai de 18 a 24 de junho.

Os estudantes mineiros escolheram um nome bastante original para a equipe: “Café com Byte Júnior”, que remete à cidade natal, conhecida com “Terra do Café com Biscoito”. Além de montar e programar os robôs, os estudantes desenvolveram o figurino, a coreografia e o cenário da performance que será apresentada na competição. A música que irá embalar a apresentação foi composta por ex-alunos da escola. Um deles vai participar da apresentação, dançando ao lado das máquinas.

O robô foi construído utilizando um kit de robótica educacional, composto por um bloco programável, motores com sensores internos de rotação, sensores de luz, toque, ultrassom e som, além de engrenagens, rodas, vigas, eixos, entre outros. Foram quatro meses de trabalho para chegar ao resultado final. Cada máquina é avaliada em aproximadamente R$ 2 mil.

Cada um dos seis robôs será programado para uma função específica. “Um será o cantor, o outro vai dançar de cabeça pra baixo, teremos um DJ e até um cantor”, conta o aluno Júlio César Mendes de Resende, de 13 anos. Segundo ele, a expectativa para o torneio é grande. “Estamos ansiosos e esperamos fazer o melhor possível”, diz o garoto.

De acordo com o professor e coordenador da equipe de robótica, Ronaldo Antonio de Castro, os alunos têm se dedicado bastante. “Eles estudam na parte da manhã e, depois das aulas, permanecem na escola para trabalhar nos robôs. Fazem a programação, montam e pensam as coreografias”, conta o orientador.

Para os alunos da escola Afonso Pena Júnior participarem da RoboCup 2012, no México, a Secretaria de Estado de Educação (SEE) e a Prefeitura de São Tiago tiveram que pagar a inscrição da equipe na competição, além de hospedagem, passagem e compra de equipamentos.

 

Veja o vídeo com a produção: