O feriado de 7 de Setembro deve ser de grande movimentação nos principais terminais de viagem em Belo Horizonte e região. Só na Rodoviária da capital, a expectativa é de que quase 100 mil pessoas passem pelo local, entre embarques e desembarques. Segundo a administração, o número representa crescimento de 49% na quantidade de passageiros, em comparação com o feriado em 2020.

Espera-se mais de 2 mil partidas e chegadas de ônibus, com origens e destinos em todas as regiões do país. As cidades mais procuradas neste ano são: Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Salvador (BA) e Vitória (ES), além de municípios do interior de Minas.

Em decorrência da Covid-19, a administração da rodoviária reforça que apenas passageiros e funcionários devem circular pelo terminal. “Após as 23h30, o acesso é restrito a usuários com passagens, com entrada concentrada entre as plataformas D e E”, completou a empresa.

Confins

No Aeroporto Internacional, em Confins, a previsão é de cerca de 125 mil pessoas entre hoje (3) e quarta-feira (8). De acordo com o gestor de Aviação e Conectividade da BH Airport, Clayton Begido, o feriado da Independência traz bons números para o aeroporto, e a expectativa para 2021 é animadora. “O fluxo de 125 mil pessoas representa quase 20% do total do momento esperado para todo o mês de setembro. No ano passado, o fluxo foi de cerca de 50 mil pessoas no período, mas vale ressaltar que tivemos um dia a menos em 2020, uma vez que o dia 7 de setembro caiu em uma segunda-feira”, afirma.

A empresa que administra o aeroporto acredita que os dias com maior trânsito de pessoas tendem a ser esta sexta (3), terça (7) e quarta (8). Em cada um deles, cerca de 25 mil passageiros devem circular pelos terminais, com mais de 200 voos diários.

Além disso, a BH Airport planeja aproximadamente 45 voos extras, para destinos como Porto Seguro (BA), Natal (RN), Recife (PE) e Foz do Iguaçu (PR), movimentando outros seis mil passageiros no terminal.

Fiscalização e segurança

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, uma operação está em vigor desde às 7h desta sexta, em todas as rodovias mineiras. Além da prevenção dos acidentes, militares vão atuar no combate ao tráfico de drogas e procurar por criminosos foragidos, por meio de fiscalizações e aumento do número de homens em ação.

A corporação estima que serão cerca de 1150 policiais e 550 viaturas em toda a operação, que termina na quarta. Dentre os equipamentos, serão utilizados etilômetros passivos, etilômetros convencionais e radares móveis.

Leia Mais:
Moradores de 56 anos recebem segunda dose da vacina contra Covid em BH; veja locais
Aglomerações no feriadão podem agravar pandemia em Minas; pousadas estão com vagas esgotadas