Motofretistas que atuam na capital mineira poderão usar o rotativo digital gratuitamente a partir de terça-feira (16). Para ser beneficiado, é preciso fazer o download de um dos aplicativos credenciados pela BHTrans ou ativar a utilização da vaga em um ponto de venda fixo.

A pedido da categoria dos motofretistas, a BHTrans está agregando ao sistema digital o controle do tempo de permanência nas vagas. A reivindicação busca garantir a rotatividade das áreas reservadas.

Atualmente, Belo Horizonte conta com 573 vagas para motofrete no sistema de Faixa Azul. O tempo de permanência máximo nesses locais é de uma hora.

O motofrete é uma profissão regulamentada na capital pela Lei 10.220/2011 e pela portaria BHTrans DPR 129/2011, que exigem registro e licenciamento do veículo na categoria aluguel junto ao Detran-MG (placa vermelha), registro do condutor expedido pela BHTrans e inspeção técnica semestral.