Em nove dias da campanha de vacinação contra a gripe, somente 11,3% das crianças foram imunizadas contra a doença em Minas. Os dados são do Ministério da Saúde e referem-se ao período de 10 de abril, quando a ação foi iniciada, até o último dia 18.

Além dos meninos e meninas menores de 6 anos, gestantes também foram alvo da primeira etapa da campanha. No Estado, 17% das grávidas receberam as doses. A meta é proteger 90% desses dois grupos prioritários.

Nova etapa

A ação termina em 31 de maio. Ontem começou a segunda fase da imunização. Pela primeira vez, policiais civis e militares, bombeiros e homens das Forças Armadas poderão ser vacinados contra a gripe gratuitamente. Ao todo, são 900 mil pessoas a mais em todo o país.

Esses profissionais foram incluídos no público-alvo, de acordo com o Ministério da Saúde, por serem expostos em atividades de risco em locais de aglomerações, um dos principais fatores de propagação do vírus da influenza. Segundo a pasta, 1 milhão de doses extras foram adquiridas para dar conta da demanda ampliada.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte, o Ministério da Saúde ainda não informou oficialmente a inclusão das forças de segurança no quadro de público-alvo. A vacinação para esse grupo só será iniciada após a notificação formal da pasta.