Nos dois primeiros meses deste ano, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) aplicou uma média de 500 multas, por dia, aos motoristas infratores flagrados nas rodovias federais que cortam o Estado. De 1º de janeiro até a última quarta-feira, o número de autuações totalizou 28.979.

Em todo o ano passado, a PRF aplicou, nas rodovias federais do Estado, 135.785 multas (média de 372 por dia). Por embriaguez, foram 2.368 infrações em 2012, contra 670 emitidas apenas nos dois primeiros meses deste ano.

“Em todo o Brasil, a Polícia Rodoviária Federal reforçou a fiscalização para combater abusos de motoristas que não respeitam as leis de trânsito e colocam em risco a segurança de pessoas inocentes”, afirmou o inspetor Adilson Souza, da assessoria de imprensa da PRF em Minas.

Lei Seca

Policiais rodoviários federais intensificaram as operações da Lei Seca no Estado. De janeiro até 27 fevereiro, 43.800 motoristas foram submetidos ao teste do bafômetro. A quantidade de testes realizados no período equivale a mais da metade do ano passado (80.942).

Nos dois primeiros meses de 2013, a mistura de álcool e volante levou 215 motoristas à prisão em Minas Gerais. Em todo o ano de 2012 foram registradas 702 prisões. O aumento na fiscalização tem ajudado a reduzir a quantidade de mortes em acidentes. Em janeiro deste ano, 93 pessoas morreram nas BRs que passam por Minas, contra 117 em janeiro de 2012. A redução foi de 20,5%.

Já a quantidade de feridos aumentou 14,8% nas rodovias federais do Estado, passando de 1.521, número de janeiro de 2012, para 1.737 no mesmo mês deste ano. As ocorrências de acidentes também aumentaram. Em janeiro do ano passado, foram 2.385 e, em janeiro de 2013, a PRF registrou 2.548 acidentes, um aumento de 6,8%.

Mais carros

Segundo Adilson Souza, o crescimento das ocorrências de acidentes é reflexo do aumento da frota, que se expandiu 8% em Minas Gerais, mesmo índice do Brasil. “Com mais fiscalização, principalmente com a ampliação dos radares instalados pelo Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), os motoristas estão respeitando mais os limites de velocidade, causando acidentes menos graves”, analisa Souza.

A PRF registrou, neste ano, 31 ocorrências de acidentes causados por animais soltos na pista. Onze pessoas ficaram feridas.