BH convoca moradores de 20 a 30 anos para repescagem da vacina da Pfizer

Luiz Augusto Barros
@luizaugbarros
19/11/2021 às 07:54.
Atualizado em 05/12/2021 às 06:17
 (Myke Sena/ MS)

(Myke Sena/ MS)

Para tentar aumentar a cobertura vacinal contra a Covid-19 na população de 20 a 30 anos, Belo Horizonte intensificou a campanha e convocou parte do grupo para tomar a vacina da Pfizer. A repescagem começa hoje e, neste sábado (20), haverá também uma mobilização para aplicação de primeira, segunda ou terceira doses do imunizante.

Segundo a Prefeitura de BH, menos de 30% dos moradores nessa faixa etária procuraram os postos de saúde para receber a segunda aplicação e garantir a proteção maior contra o Coronavírus. Por conta disso, de acordo com o presidente da Belotur, Gilberto Castro, a realização do Carnaval de rua em 2022 ainda está indefinida.

Além dos jovens belo-horizontinos, o mutirão que começa nesta sexta-feira visa pessoas com alto grau de imunossupres-são (sistema imunológi-co fragilizado) com idade acima de 18 anos e idosos. É necessário levar o cartão de vacinação, documento de identidade, CPF e comprovante de residência, além de atestado que comprove a condição de saúde, no caso dos portadores de doenças autoimunes.

Na campanha de amanhã, o objetivo é atualizar a situação dos que ainda precisam da primeira, segunda ou terceira doses (reforço) da Pfizer. Os centros de saúde da capital estarão abertos das 12h às 18h, enquanto os pontos de drive-thru e dos shoppings funcionarão das 13h às 19h. Os endereços, localizados nas nove regionais da cidade, podem ser consultados. 

Na segunda (22) e na quinta-feira (25) haverá nova convocação para os moradores de 20, 21, 22, 24, 25, 26 e 29 anos. Já na terça (23) e na sexta-feira (26) será aplicada a terceira dose nos trabalhadores da saúde maiores de idade (completos até 30 de novembro), cuja segunda aplicação tenha sido há cinco meses. É necessário comprovar a atividade na saúde em BH.

Para garantir que as pessoas completem o esquema vacinal, a PBH afirma ter realizado chamadas durante os jogos no Mineirão, divulgações em programas de rádio, além de publicações nas redes sociais. 

“As equipes de saúde, durante as visitas domiciliares, conferem a situação vacinal e reforçam a importância da vacinação. Essa ação também é realizada durante os atendimentos nos Centros de Saúde da Atenção Primária e ainda por contato telefônico nos acompanhamentos de rotina”, diz a prefeitura, em nota.

Além disso

Jovens de 12 a 17 anos de BH receberão a segunda dose da vacina contra Covid a partir da semana que vem. Para que os adolescentes possam se imunizar é necessário um intervalo de, pelo menos, oito semanas desde a primeira aplicação. Aqueles de até 15 anos devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis legais. Veja as datas:

24 de novembro: 17 anos
29 de novembro: 16 anos
30 de novembro: 15 anos
1º de dezembro: 13 e 14 anos
2 de dezembro: 12 anos

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por