Ocupação de leitos de enfermaria e UTI e taxa de transmissão da Covid-19 crescem em BH

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
17/01/2022 às 19:14.
Atualizado em 18/01/2022 às 00:54
 (PIxabay/Reprodução)

(PIxabay/Reprodução)

A nova onda de Covid-19 em Belo Horizonte continua elevando os índices que fazem parte do Boletim Epidemiológico divulgado diariamente pela PBH.  Segundo o levantamento desta segunda-feira (17), a taxa de ocupação de leitos de enfermaria dedicados a pacientes com coronavírus passou de 75% na última sexta (14) para 82,7% no levantamento atual.

Os leitos de UTI exclusivos para Covid também registraram aumento, saindo de 74,3% na sexta para 82,2% nesta segunda.

Apesar do aumento desses dois índices, a Prefeitura anunciou nesta segunda (17) que adicionou na rede pública 34 novos leitos de enfermaria e nove de UTI, todos para pacientes com coronavírus.

Outro ponto em elevação do boletim atual é o índice RT, que mede a transmissão da Covid na cidade. Ele saltou de 1,13 na última sexta para 1,16 na medição recente. Isso quer dizer que, agora, a cada 100 infectados pelo coronavírus, outras 116 pessoas podem ser contaminadas.

Infecção e vacinação
De acordo com os dados da PBH, até o momento, foram confirmados 304.138 casos de Covid-19 na capital mineira, sendo 5.930 em acompanhamento. O total de recuperados chega a 291.077 e as mortes em decorrênia da doença já somam 7.131.

Em relação à imunização de pessoas com 12 anos ou mais, em BH, 93,8% já receberam a segunda dose ou dose única (Janssen). O reforço foi dado a 31,5% desse público.

Foram distribuídas 5.155.095 vacinas contra o coronavírus na cidade, das quais 691.851 foram de reforço.

Leia mais:

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por