Na próxima quarta-feira (19), a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia - Regional  Minas Gerais (SBOT) vão promover uma ação educativa na Praça da Savassi, região Centro Sul da capital, para alertar a população sobre como o uso excessivo de smartphones pode aumentar a ocorrência de doenças na coluna, principalmente nas vértebras cervicais, que ficam na altura do pescoço. 

Segundo o presidente da entidade, Cristiano Menezes, embora ainda não exista um estudo científico específico sobre a relação entre o uso dos celulares e os problemas posturais, os médicos já têm reigstrado o aumento do número de pacientes que apresentam esse tipo de quadro clínico.
“O problema decorre do uso do celular para acessar a Internet com o aparelho à altura da cintura, o que leva o usuário a manter a cabeça curvada para baixo por muito tempo, o queixo junto ao peito , o que força a coluna”, explicou o médico.

Para evitar problemas, basta seguir algumas recomendações:

1) Levante o celular à altura dos olhos ou usar o celular pousado numa mesa;
2) Procure apoiar o braço em um superfície estável
3) Faça exercícios diários para diminuir o efeito da posição inadequada, como alongamentos da musculaura da coluna cervical com movimentos de flexão (sim e não com a cabeça), exensão e rotação lateral do pescoço;
4) Evite usar o smartphone ou tablet por longos períodos. Prefira seu computador de mesa ou laptop. Verifique se esses dispositivos estão dispostos ergonomicamente.
(Fonte: SBOT-MG)