Por causa da intensa chuvas dos últimos dias, a cidade de Sabinópolis, no Vale do Rio Doce, declarou situação de emergência. O prefeito Carlos Roberto Barroso Mourão assinou esta semana o decreto sob justificativa dos diversos prejuízos materiais e humanos.

Segundo informações do documento, o Rio Correntes, que passa pela cidade, subiu cinco metros e meio acima do normal e provocou a inundação de vários quarteirões. O maior volume de chuva foi registrado na quarta-feira (20). Foram ex-magistrados 189,4 mm de precipitação.

No total, cinco residências foram destruídas e 15 danificadas. Cerca de 30 pessoas ficaram desalojadas e 12 desabrigadas. A chuva também obstruiu estradas vicinais e ocasionou vários deslizamentos de encostas.
 

Alerta da Defesa Civil

Na quarta-feira (20), a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) divulgou alerta sobre o risco de deslizamento em ao menos 19 cidades, entre elas Sabinópolis.

As chuvas dos últimos dias provocaram estragos em diversas cidades do Sul de Minas. Municípios como Ferros, Sabará, Juatuba, Mateus Leme e Poços de Caldas também foram atingidos e ficaram debaixo d´água.

Levantamento da Cedec mostra que até esta quarta-feira quatro cidades decretaram situação de emergência, sendo Sabinópolis o quinto município. Outros 26 informaram que foram atingidos por fortes tempestades.

Desde o período do início chuvoso, uma pessoa morreu, dez ficaram feridas. Além disso, as chuvas já deixaram 1.636 desalojados e 681 desabrigados.