Safra de café será 38% menor em Minas neste ano devido a secas e geadas, aponta pesquisa

Da Redação
portal@hojeemdia.com.br
21/09/2021 às 21:18.
Atualizado em 05/12/2021 às 05:55
 (Emater/Divulgação)

(Emater/Divulgação)

A safra de café deve ter uma queda de 38,1% neste ano em Minas, principal Estado produtor do grão do Brasil, em relação ao ano passado. Entre os motivos estão as secas e as geadas. A conclusão é do levantamento feito pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), publicado nesta terça-feira (21).

Segundo o estudo, a redução em Minas representará a produção de 21,4 milhões de sacas. "Além dos efeitos fisiológicos da bienalidade negativa, observados em diversas regiões produtoras neste ciclo, os motivos para a redução também incluem as condições climáticas adversas de seca em muitas localidades e as geadas, que ocorreram em junho e julho, informou a Conab, em nota.

Conforme a companhia, a bienalidade é uma das características da cultura de café e significa que em um ano a produção é maior, com maior número de frutos, o que exige da planta mais nutrientes. Em decorrência disso, no ano seguinte ela recompõe as estruturas vegetais e reservas, reduzindo a produção.

No país, a produção também deverá apresentar queda, com safra de cerca de 46,9 milhões de sacas de café beneficiado, o que representa uma diminuição de 25,7% em relação ao resultado da safra de 2020. Além disso, a área em produção na atualidade é estimada em 1,8 milhão de hectares, número 4,4% menor que a safra anterior.

Compartilhar
Logotipo Hoje em DiaLogotipo Hoje em Dia

Fale conosco: (31) 3253-2207

ASSINEDigitalATENDIMENTO AO ASSINANTEBelo Horizonte 31 3236-8000Interior 31 3236-8000
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por