Importante mecanismo de prevenção da transmissão de Covid-19, a máscara de proteção tem sido essencial no dia a dia de milhões de pessoas pelo mundo. Entretanto, apesar da sua importância, o uso prolongado do equipamento pode provocar alguns problemas de pele.

Uma publicação do Journal of Primary Care Community Health, de 2020, da Tailândia, avaliou 833 pacientes em uso de máscaras, sendo elas de tecido ou cirúrgicas, e apontou o aumento de acne, lesões de pele feitas por pressão da máscara, área de hipercromia, eczema atrás das orelhas, prurido e vermelhidão na face.

De acordo com a vice-presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD/MG), Gisele Viana, o estudo mostra que “os sintomas que tiveram maior frequência foram acne (quase metade), além de vermelhidão e coceiras na área coberta pela máscara”, diz a especialista.

Ainda conforme a médica, as máscaras cirúrgicas causaram o maior número de reações adversas quando comparadas às de pano.

Para minimizar esses incômodos, a dermatologista afirma que escolher a máscara certa é uma tentativa de erro e acerto para saber a que mais vai se adequar ao tipo de pele.

A seguir, ela reunie algumas dicas práticas que podem - e devem - ser seguidas para evitar problemas:

  • Lave sempre o rosto com um sabonete próprio para o seu tipo de pele e evite água quente ou fria demais. Opte por uma temperatura amena. Quanto mais quente ou fria, mais ela agride a pele que já está mais sensível
  • Evite o excesso de produtos muito esfoliantes (como os que contém ácido salicílico)
  • Evite também o excesso de hidratantes e cremes muito nutritivos
  • Evite usar maquiagem na região que a máscara cobre, quanto menos produtos por baixo da máscara melhor
  • Não esqueça do protetor solar. Esse item é indispensável sempre, mesmo com a cobertura das máscaras
  • Para as mulheres que gostam de se maquiar, vale a pena investir em um protetor com cor de modo a usar menos tipos de produtos na pele

Procure um especialista

Se mesmo com todos esses cuidados você perceber o surgimento de irritações, acne ou vermelhidão, procure um dermatologista imediatamente. Quanto mais atrito da máscara na pele machucada, pior. E quanto antes as doenças forem identificadas, mais rápida a recuperação.

Leia Mais:
Câncer de mama tem 95% de chance de cura se descoberto no início; veja dicas de prevenção
Confira quatro dicas para melhorar o sabor da refeição do delivery