O número de atendimentos realizados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Belo Horizonte a pacientes com suspeita de Covid-19 aumentou 529% desde o dia 16 de março. A informação é do boletim epidemiológico e assistencial da prefeitura, divulgado nesta quarta-feira (22).

Na semana do dia 15 a 21 de março foram transportados 123 pacientes com suspeita da doença. Do dia 5 a 12 de julho, semana em que houve maior demanda, o número de transportes saltou para 774 pacientes. 

Na última semana, entretanto, conforme os dados, houve uma leve redução no número de doentes com suspeita de Covid-19 transportados, chegando a 740.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), com a pandemia do novo coronavírus, o número de ambulâncias na capital aumentou de 27 para 50, sendo 23 exclusivas para o transporte de pacientes com suspeita de Covid-19.  

Ainda segundo a pasta, a desinfeção das unidades é um procedimento padrão, para todo e qualquer atendimento.

Belo Horizonte ultrapassou a marca de 15 mil casos confirmados de Covid e registrou 399 mortes pela doença