A Santa Casa BH, um dos hospitais escolhidos pela Prefeitura de Belo Horizonte como referência no atendimento de casos de Covid-19, realiza, nesta semana, uma homenagem aos profissionais de saúde do centro médico que atuam no combate à enfermidade.

A homenagem, como explica a superintendente de Serviços Hospitalares da instituição filantrópica, Mara Rubia de Moura, se baseou na criação de uma placa de identificação de combatente, no estilo militar, para cada um dos mil trabalhadores, com os dizeres "Eu lutei na batalha contra a Covid-19".

"Diariamente, eles saem de suas casas e atuam na linha de frente no tratamento dessa doença que já fez tantas vítimas pelo mundo. São verdadeiros guerreiros e se dedicam a cuidar de quem precisa", afirmou Mara.

Referência no tratamento de casos

Desde o início da pandemia, a Santa Casa já atendeu mais de 2 mil pacientes com suspeita ou confirmação da enfermidade causada pelo novo coronavírus. 

De acordo com a instituição, a Santa Casa é o centro médico com o maior número de leitos de Minas Gerais para a finalidade de combate à Covid-19, com 100 unidades de terapia intensiva e 256 de enfermaria.

Para resguardar a segurança dos pacientes, o prédio da Santa Casa foi dividido em duas unidades, com entradas separadas, para fluxo de pessoas e funcionários distintos, sendo o Hospital Respiratório, nas alas B, C e D para atendimento ao novo coronavírus, e Hospital Geral (ala A), que dá continuidade ao tratamento nas 35 especialidades médicas atendidas pela Santa Casa.