A secretária de Saúde de Lavras, Gilza Helena de Carvalho, pediu demissão após a repercussão negativa de um comentário publicado em uma página da rede social Facebook. A exoneração foi publicada na terça-feira (7) no Diário Oficial do município, localizado no Sul de Minas.

Segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, alguém teria publicado no Facebook uma foto de Gilza Helena vestida de hippie em uma festa à fantasia, em fevereiro deste ano. A secretária então teria feito o seguinte comentário: "Para compor o visual, só faltou o baseado", que foi interpretado como apologia às drogas.
 
A fotografia e o comentário da servidora foram reproduzidos em outro blog, e na última segunda-feira (6), o assunto foi levado pelo vereador Leandro Moretti (PRTB) para discussão durante uma reunião na Câmara Municipal de Lavras. Depois disso, o tema tomou grande repercussão entre os moradores da cidade e motivo o pedido de exoneração de Gilza Helena.
 
Ainda conforme a assessoria da prefeitura, a secretária pediu para se afastar do cargo para que possa acionar judicialmente o blogueiro, além de outras pessoas que teriam postado comentários contra sua pessoa. No lugar de Gilza Helena, o prefeito Marcos Cherem nomeou Márcia Regina Guedes para assumir a Secretária Municipal de Saúde.
 
A prefeitura informo ainda que a ex-secretária não está concedendo entrevistas sobre o assunto. No entanto, Gilza Helena publicou uma nota em seu perfil no Facebook criticando a atitude do blogueiro e do vereador e explicando o contexto de seu comentário. "Diferentemente do que tentaram de forma arrogante, criminosa e agressiva falar, apenas fiz um comentário sem nenhuma maldade por estar em uma festa à fantasia, da qual minha indumentária remontava aos anos 60 e 70 onde predominava a era hippie e a utilização de drogas como álcool e maconha era algo comum".
 
A reportagem do Hoje em Dia também tentou contato com o vereador Leandro Moretti, mas ele não foi encontrado para falar sobre o assunto.
 
Confira na íntegra a nota publicada pela ex-secretária:
 
NOTA DE REPÚDIO
 
"É com grande pesar e indignação, que movida por atos inconsequentes e até mesmo criminosos praticados por pessoas inescrupulosas, que me sinto na obrigação de publicamente prestar esclarecimentos a toda a população sobre as calúnias e difamações que venho sofrendo de forma pública, inicialmente por um pseudo jornalista e após pelo ilustre Vereador Sr. Leandro Moretti, através da mídia digital, e de forma absurda, na Tribuna da Câmara Municipal de Lavras, local este que deveria ser utilizado para a promoção do bem comum e não para agressivos e criminosos shows pirotécnicos como ocorreu na noite de ontem.
 
Diferentemente do que tentaram de forma arrogante, criminosa e agressiva falar, apenas fiz um comentário sem nenhuma maldade por estar em uma festa à fantasia, da qual minha indumentária remontava aos anos 60 e 70 onde predominava a era hippie e a utilização de drogas como álcool e maconha era algo comum.
 
Jamais faria apologia ao uso de drogas, até porque sou profissional da área de saúde e vejo o dano que as drogas podem causar no seio familiar. Sou mãe e tenho uma reputação a zelar, bem como profissional comprometida e preocupada com o bem estar da sociedade. Nunca deixei de atender as pessoas que buscam diariamente apoio junto à Secretaria Municipal de Saúde, e até mesmo deslocando-me até a residência dos pacientes que não podem se locomover.
 
Assim, em meio aos danos causados à minha pessoa e à minha família, pois tenho duas filhas adolescentes em casa, às quais procuro passar princípios doutrinários de amor ao próximo, respeito e honestidade, e; procurando preservar a Administração Municipal de Lavras, que tem à frente o Prefeito Marcos Cherem, e para que eu possa exercer na plenitude o meu direito de defesa como cidadã, achei por bem, pedir a exoneração do cargo de Secretária Municipal de Saúde, por considerar gravemente o teor das acusações a mim impostas por tais pessoas que visaram simplesmente a auto promoção e a desestabilização da própria administração pública.
 
Desta forma, meu pedido de exoneração se dá simplesmente para que, medidas possam ser tomadas no sentido de comprovar minha inocência em relação a tão grave acusação e oportunamente apresentar ao Prefeito e àqueles que tentam de forma cruel e vergonhosa denegrir a minha imagem, as provas de minha idoneidade que é pública e notória".