O secretário estadual de Defesa Social, Rômulo Ferraz, anunciou durante visita a Poços de Caldas, no Sul de Minas, que um  novo presídio, com capacidade para 306 presos, será construído no município. As obras devem ser iniciadas em dezembro deste ano e concluídas até o final do ano de 2014. 

Ferraz chegou à cidade no início da tarde de quinta-feira (18) e seguiu direto para conhecer a área de 50 mil metros quadrados onde será construída a nova unidade prisional. O secretário informou que a obra é prioritária e vai ampliar em mil a quantidade de vagas prisionais na região. 
 
O governo do Estado vai investir R$ 13 milhões no projeto, com os recursos provenientes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). De acordo com Ferraz, a unidade prisional do município será construída através de um projeto inovador, mais barato para o Estado e diferenciado, já que permitirá ao preso acesso a educação e ao trabalho. 
 
O secretário confirmou ainda que a agilidade em construir a unidade foi ressaltada após rebelião ocorrida no presídio local no início do ano passado. Atualmente, 275 presos estão no presídio. A atual cadeia de Poços de Caldas fica ao lado de um cemitério, em um bairro populoso onde os moradores convivem com o medo das rebeliões e fugas de detentos.