A Secretaria municipal de Saúde da cidade de Perdões, no Centro-Oeste mineiro, está investigando cinco mulheres que apresentaram sintomas da doença também transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

O quadro de saúde das mulheres é normal, fora de perigo, segundo boletim da secretaria. Segundo levantamentos, três pacientes são da mesma família e recentemente voltaram de viagem do Rio de Janeiro. Os dois casos são de pessoas que também têm contato com as vítimas.

A notificação foi feita na última sexta-feira (5) e desde então os agentes da epidemiologia estão trabalhando para eliminar os focos do Aedes aegypti com a realização de dois UBV’s (Fumacê) e visita de casa em casa para orientar os moradores.

Além disso, os agentes cadastraram as mulheres grávidas desses bairros para acompanhamento. Ao todo, 8 gestantes estão sendo monitoradas pelo PSF São José com o objetivo de evitar a contaminação pelo Zika vírus.

Neste primeiro momento, os pacientes irão fazer exames para diagnóstico de dengue. Depois, se descartada essa doença, será considerada a contaminação por zika ou chikungunya.

Ações

Nesta sexta-feira (12), os agentes continuam a orientar os moradores sobre as maneiras de combater o mosquito e no sábado (13) os próprios moradores e funcionários da prefeitura realizam um mutirão de limpeza e de conscientização sobre o aedes aegypti. A secretaria afirmou ainda que está acompanhando a evolução de todos os casos.

 

sintoma zika chicungunha dengue