Um cabo da Polícia Militar (PM), de 38 anos, teria se matado após uma briga motivada por ciúmes, no bairro Niterói, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O homem foi encontrado morto em casa,  na madrugada desta terça-feira (1º), estirado na cama, com um tiro na cabeça e segurando uma arma na mão direita.

A bala atravessou a cabeça do cabo e teria atingido também a mulher dele, de 35 anos, que ficou ferida nas costas. Ela foi encontrada pelos militares no chão do quarto, machucada, mas consciente. A vítima foi encaminhada para o Hospital Regional de Betim. 

Segundo o boletim de ocorrência (BO), a PM ainda encontrou um carregador com sete munições intactas e uma disparada. 

Ameaça

Mais cedo, às 17 horas, um outro BO contra o cabo havia sido registrado. Segundo o texto, um homem de 29 anos foi ameaçado de morte pelo militar. Ele afirmou que estava andando na rua quando foi abordado pelo policial, levado para a casa dele e agredido com chutes. 

Na ocasião, o militar também foi ouvido e contou sua versão dos fatos. Segundo o policial, este homem era amante da mulher dele e foi até a casa do cabo com dois outros rapazes ameaçá-lo. Na ocasião, ele teria o xingado de "chifrudo" e "chegado com desaforo". 

O suposto amante chamou a polícia, que conduziu os dois e os levou à delegacia para documentarem a ocorrência. O caso foi encaminhado para a 3ª Delegacia Policial de Betim e está sendo investigado pela Polícia Civil.