Uma das 23 cidades de Minas Gerais que não registraram nenhum caso de coronavírus, São Tomé das Letras, no Sul do Estado, prorrogou por mais 30 dias a proibição da entrada de turistas e transeuntes, de acordo com decreto publicado na quinta-feira (20).

Os turistas, que vão ao município atraídos pelas belezas naturais e pelo lado místico da cidade, não entram em São Tomé das Letras há cinco meses.

Ainda, o decreto determina o uso obrigatório de máscara "em qualquer local, independentemente do ambiente, seja público ou particular".