Estudantes, profissionais da área da saúde e população em geral poderão acompanhar, de casa, os desafios impostos pela Covid-19 à sociedade após a pandemia. Um seminário on-line e gratuito acontece a partir de amanhã e segue até quinta-feira. Ainda é possível fazer a inscrição para participar. 

O debate virtual é organizado pelas Faculdades Integradas do Norte de Minas (Funorte). O objetivo é auxiliar a todos com palestras informativas sobre diversos temas, que vão desde orientações sobre infecção hospitalar, passando por saúde mental e mitos da contaminação em animais, a empreendedorismo gastronômico.

O encontro on-line reunirá 19 profissionais dos cursos de Agronegócios, Gastronomia, Enfermagem, Psicologia, Farmácia, Medicina Veterinária e Fisioterapia da Funorte, além de especialistas do Hospital das Clínicas Mario Ribeiro e da Faculdade de Saúde e Humanidades Ibituruna (Fasi). 

Para participar, é necessário fazer um cadastro neste link. O webinar (seminário on-line) será transmitido no YouTube da Funorte, das 19h às 22h. 

Apesar de tratar-se de um seminário, baseado em conhecimento científico, Ana Paula Nascimento, gestora da Fasi e uma das organizadoras do evento, esclarece que a discussão se dará em linguagem compreensível a pessoas de fora das áreas de estudos.

“Nossa intenção é disseminar o conhecimento diante deste momento. Vamos ter condição de orientar a população sobre a necessidade de fazer o teste da Covid-19, informação muito importante para a população em geral. A diversidade de conhecimento é grande. Por exemplo, na Gastronomia, faremos um desafio aos participantes sobre como fazer pratos com produtos o mais simples possível, de forma que possa despertar em quem assiste o interesse em produzir para revenda ou delivery”, explicou.

Jhonas Sachetto, coordenador do curso de Gastronomia, informou que as orientações sobre o assunto também serão passadas por meio de um concurso entre os alunos da Funorte, que irá estimulá-los à criação de receitas baseadas na agricultura familiar. O objetivo é promover o empreendedorismo em momento de crise.

“Trabalhamos com a lógica de despertar o empreendedorismo em situação de reclusão, em época de crise econômica. Entendemos que isso é de alcance social e não só acadêmico”, disse Sachetto. Os trabalhos, incluindo as partes práticas, serão avaliados e o público em geral poderá aprender com a experiência dos estudantes.

Outra atração do evento será o Café com Resenha, desenvolvido pela equipe de Jornalismo da instituição.

Leia também:
Coronavírus já matou mais que o Aedes aegypti em 4 anos
Neves volta a fechar lojas e academias a partir desta 2ª após explosão de casos da Covid-19