Durante os mais de 50 anos em que se dedicou à Arquidiocese de Belo Horizonte, a paixão missionária de Dom Serafim Fernandes de Araújo fez crescer no coração dos fiéis o amor a Jesus Cristo e à sua Igreja. Essa foi uma das observações feitas pelo papa Francisco em mensagem enviada ao arcebispo metropolitano dom Walmor Oliveira de Azevedo, nesta quarta-feira (9).

Confira a mensagem na íntegra do papa sobre o cardeal que morreu na capital mineira, aos 95 anos:

Recebi com pesar a notícia do falecimento do cardeal Dom Serafim Fernandes de Araújo e desejo manifestar a minha comunhão de orações com os seus familiares e com todos os fiéis dessa Arquidiocese neste momento de luto. Confio à misericórdia de Deus o amado cardeal, que com tanto zelo serviu a Igreja, tendo sido Padre Conciliar durante o Concílio Vaticano II e, de modo particular, por mais de cinquenta anos se dedicou à Arquidiocese de Belo Horizonte, onde sua paixão missionária fez crescer no coração dos fiéis o amor a Jesus Cristo e à sua Igreja. Ao elevar fervorosas preces, sob a intercessão de Nossa Senhora da Boa Viagem, para que Deus acolha na sua felicidade eterna este seu servo bom e fiel, envio a essa comunidade arquidiocesana que chora a perda de seu amado pastor, à Igreja do Brasil e a quantos partilham esta hora de tristeza que anuncia a ressurreição, a Bênção Apostólica. Franciscus P.P.”.

Dom Serafim nasceu em 13 de agosto de 1924 em Minas Novas, região do Vale do Jequitinhonha. Fez mestrado em Teologia e Direito Canônico na Pontifícia Universidade Gregoniana. Sua ordenação se deu em 12 de março de 1949, na Catedral de São João Latrão, em Roma. Tornou-se arcebispo em 5 de fevereiro de 1986, cargo que ocupou até 2004.

Leia mais:
Fiéis de BH lotam igreja para se despedir de dom Serafim; sepultamento será em cripta
Velório de dom Serafim começa com cortejo e missa e vai até quinta; ouça mensagem de Dom Walmor
Dom Serafim Fernandes de Araújo morre aos 95 anos; confira homenagens