Cinco homens e duas mulheres foram condenados por tráfico de drogas em Paracatu, no Noroeste de Minas Gerais. Todas elas foram detidas em 2017 na Operação Sinergia, quando foram apreendidos quatro quilos de pasta base de cocaína, cerca de 300 gramas de crack, duas réplicas de armas de fogo e mais de R$ 18 mil.

A decisão também determinou o repasse para a União de um imóvel que teria sido adquirido pelo chefe da organização criminosa com dinheiro oriundo do tráfico de drogas.

As investigações, de acordo com o Ministério Público, revelaram o comércio e a manipulação de pasta base de cocaína. As interceptações telefônicas duraram cerca de um ano.

Leia mais:
Polícia Civil conclui inquérito sobre suspeita de abusos sexuais no colégio Magnum