O secretário municipal de Administração da Prefeitura de Governador Valadares, na região do Vale do Rio Doce, teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) recolhida pela Polícia Militar após atropelar duas pessoas na noite de sábado. O suspeito foi submetido a testes de bafômetro que acusaram a presença de álcool no sangue acima do limite permitido.

De acordo com a Polícia Militar, as vítimas - um homem e uma mulher - disseram que estavam atravessando uma rua no bairro Senhor de Lourdes, na faixa de pedestres, quando foram atingidos pelo carro do secretário.

Já o motorista alegou que as duas pessoas entraram na frente do carro dele repentinamente, impossibilitando qualquer possibilidade de desviar.

Entretanto, como de praxe, o motorista foi submetido a dois testes de bafômetro - prova e contraprova -, acusando 0,71 mg/l e 0,69 mg/l de teor alcoólico, respectivamente. Ambos os resultados de nível de álcool por litro de ar expelido dos pulmões são acima do limite permitido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que é 0,04 mg/.

Por conta disso, o secretário teve a CNH recolhida e foi encaminhado para a Delegacia de Plantão de Governador Valadares.

As duas vítimas foram socorridas com ferimentos leves para uma unidade de saúde do município.

A reportagem tentou contato com a prefeitura de Governador Valadares, mas não obteve resposta.

Leia também:
Minas registra 61 mortes por Covid-19; casos confirmados ultrapassam 1,5 mil
Covid-19: morador flagrado sem máscara em Betim já paga multa de R$ 80