Belo-horizontinos têm se unido em solidariedade às famílias vítimas da tragédia de Janaúba. Neste sábado (7), centenas de pessoas levaram fraldas descartáveis, alimentos, toalhas e roupas de cama à sede do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), que fica próxima à Praça da Liberdade. O órgão do governo do Estado tem recolhido as doações e irá distribuir o material às famílias que vieram a Belo Horizonte para aguardar a recuperação de saúde das vítimas e também fará o envio de parte da ajuda recolhida à Janaúba.

Uma das pessoas que foram levar alimentos e material de limpeza ao Servas, na manhã deste sábado foi o delegado da Polícia Federal Leopoldo Lacerda. “Amigos começaram a perguntar como poderiam ajudar, em grupos de mensagem. Pessoas daqui de Belo Horizonte e de Brasília depositaram dinheiro na minha conta e comprei leite, alimentos, produtos de limpeza, suco e água”, contou à reportagem, no início da tarde de hoje. Com o recurso arrecadado, fruto da a ajuda de 17 amigos, Leopoldo ainda pretendia fazer mais uma rodada de compra de materiais para levar ao Servas. “Não coube tudo no porta malas na primeira viagem”, disse.

A aposentada Mônica Simões saiu do bairro Eldorado, em Contagem, para levar a sua doação. “Vim trazer um material e ver o que mais precisam. A gente que é mãe sente muito esse tipo de coisa. Quando uma tragédia acontece na casa da gente, que é Minas Gerais, é ainda mais forte”, diz.

A advogada Daniela Arruda, que foi ao Servas na manhã de hoje, tem argumento semelhante. “É uma situação desesperadora, com a qual todos nos identificamos muito. Tenho netos pequenos e dói muito o coração. Quando houve o terremoto no México, há algumas semanas, e uma escola foi atingida, fiquei transtornada. E agora, com essa situação ao nosso lado, dá um aperto enorme no coração. A vontade que dá é de sair correndo e ir até lá ajudar”, disse.

“É um espírito de solidariedade e comoção pela tragédia”, resume o escrivão judicial Valmir Alves Oliveira, que, acompanhado do filho, trazia leite e água mineral.

Na tarde deste sábado, a Diretoria de Assistência Social (DAS) do Servas ainda contabilizava o volume de doações recebidas e fazia o rastreamento das famílias que receberão o material.

Leia mais:

Janaúba: Cruz Vermelha recolhe brinquedos para doação e planeja intervenção psicossocial

Serviço
Servas- Serviço Voluntário de Assistência Social
Av. Cristóvão Colombo, 683 – Funcionários
Sábado e domingo: de 10h às 15h
Dias úteis: das 9h às 17h
O que doar: alimentos, leite, fraldas descartáveis GG (para as crianças), material de limpeza, roupas de cama
Contato: 31 3349-2400