Uma mulher de 33 anos foi presa nesta quarta-feira (24) por suspeita de se passar por policial civil para aplicar golpes em Belo Horizonte. A suspeita foi autuada em flagrante por falsificação de documento público, posse ilegal de arma de fogo e falsificação de moeda.

De acordo com a Polícia Civil, a suspeita foi detida no Conjunto Minascaixa, na região de Venda Nova. Ela vinha sendo monitorada por investigadores após uma denúncia anônima de que ela estaria repassando dinheiro falso no comércio.

Na casa dela foram apreendidas uma carteira funcional, um boné e duas camisas da Polícia Civil, além de uma arma de fogo, dois simulacros de arma de fogo de uso restrito, um carregador, um dispositivo de choque, R$ 3.390 em cédulas falsas, um veículo e R$ 2,3 mil em dinheiro.