Suspeito de estupro de vulnerável, um homem de 48 anos foi preso na última quarta-feira (21) em Montes Claros, na região Norte de Minas. Segundo a Polícia Civil, ele é apontado como abusador de, ao menos, seis crianças, com idades de 5 a 11 anos.

Dentre as possíveis vítimas, estão a filha, as primas, enteada e o neto, além da filha do pastor da igreja que frequentava e uma amiga dessa menina. 

A denúncia foi feita pelo neto, filho da enteada, a quem também é suspeito de abusar quando ela era criança. Ao pai, o menino revelou que a violência sexual acontecia há mais de um ano. Uma vez que o crime foi denunciado, os familiares se reuniram para descobrir se outras crianças seriam vítimas do suspeito. 

Segundo a PC, durante as declarações, o suspeito teria confessado os crimes e alegou não conseguir se controlar. A delegada Karine Maia acredita que existam outras vítimas, pois ele convivia muito com crianças na igreja e em casa. “Ele não tem passagem policial e é uma pessoa que, até então, passava confiança para quem convivia com ele. Por isso, os pais confiavam a ele tarefas como levar as crianças a determinados locais, e deixavam elas frequentarem a casa dele”, diz. 

Karine afirmou que o suspeito deve ser responsabilizado por todos os crimes que teria cometido e ressaltou a importância de outras vítimas denunciarem. A delegada instruiu que procurem a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) em Montes Claros.

Endereço da Deam: Rua Enor de Brito, 222, bairro Morada do Sol
Telefone: (38) 3229-4430

Leia mais:

Cresce número de cidades que registraram falta de vacinas contra a Covid-19 pela segunda semana
Anvisa diz que não há estudo conclusivo sobre 3ª dose de vacina contra Covid
Museus do Oratório, em Ouro Preto, e de Sant’Ana, em Tiradentes, reabrem para visita presencial