Um homem foi preso em flagrante ao receber mercadoria adquirida de forma fraudulenta em Lagoa Santa, Região Metropolitana de Belo Horizonte. A prisão ocorreu na última quarta-feira (1) e a Polícia Civil só divulgou o caso um dia depois. O suspeito, segundo as investigações, aplicava golpes em anunciantes de produtos na internet.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito, de 28 anos enviava um comprovante de pagamento falso à vítima e contratava um motorista de aplicativo para buscar a encomenda. Assim, ele ficava com o produto anunciado na internet sem ter, de fato, pago qualquer valor na transação.

O delegado Flávio Rabello Teymeny afirma que o homem tinha um perfil falso para realizar os golpes, em que usava a foto de um policial militar como identificação para conferir maior credibilidade durante as compras.

A prisão aconteceu depois que uma das vítimas acionou a Polícia Civil, desconfiada de que tinha caído em um  golpe. Uma equipe acompanhou a entrega e abordou o suspeito logo após a coleta do produto.

A Polícia Civil elaborou um guia para orientar pessoas que foram vítimas de golpes parecidos. Ele pode ser consultado neste link.

Leia mais:
Suspeita de matar bebê encontrado em congelador no Barreiro é ouvida pela polícia e detalha o caso
PRF apreende quase 50 kg de cocaína em veículo que se envolveu no acidente da BR-381 nesta quinta