Um suspeito de aplicar golpes virtuais foi preso em Borda da Mata, no Sul de Minas Gerais. A prisão ocorreu durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na casa de Ricardo Bento de Souza, de 28 anos, na noite dessa segunda-feira (18).
 
Na residência do suspeito, no bairro Nossa Senhora Aparecida, policiais militares e civis abordaram Ricardo e sua companheira e apreenderam R$ 140.134 em dinheiro, 46 dólares e diversos equipamentos eletroeletrônicos, como notebooks, celulares, tablets e pen drives.
 
Segundo a Polícia Militar, Ricardo criava e gerenciava sites de venda com preços atrativos na web e, quando alguma compra era efetivada, ele gerava um boleto bancário como forma de pagamento. No entanto, o boleto emitido não era da sua loja virtual, uma vez que o código de barras era alterado. Desta forma, a vítima pagava, na verdade, outro produto no mesmo valor, mas adquirido pelo suspeito.
 
Ao ser questionado sobre o crime, primeiramente, o detido negou. Porém, ele acabou confessando que todas as mercadorias achadas na sua casa foram compradas e vendidas sem notas fiscal e ainda revelou que algumas são do Paraguai.
 
Na hora da prisão de Ricardo, um motoboy chegou à residência dele com uma encomenda e, ao verificarem o pacote, os policiais se depararam com dois tabletes de maconha. O entorpecente foi apreendido.
 
Ricardo, sua companheira e o motoboy foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil da cidade.