A Polícia Civil apresentou nesta segunda-feira (10), o suspeito de atirar em um porteiro durante uma tentativa de assalto em um prédio do bairro Luxemburgo, na região Centro-Sul da Capital. O homem, de 34 anos, conhecido como "Pica-Pau" e foi detido no último sábado (8), enquanto almoçava e fazia compras de Natal com a família em um shopping da região Noroeste da capital.

E de acordo com os delegada que coordena a investigação, ele é um velho conhecido do meio policial. "Através do serviço de inteligência da Polícia Civil, conseguimos identificar o suspeito que é conhecido por diversos crimes contra o patrimônio na capital", explicou Cristiana Angelini.

A PC informou que ele já cumpria pena em regime aberto e saía para trabalhar todos os dias por volta das 6h, retornando à noite para dormir. No dia do crime, ele não voltou para a casa de custódia.

As investigações apontaram que o suspeito teria agido com outros dois comparsas ainda não identificados. "O modo de agir deles é sempre o mesmo. Um dos suspeitos entra no condomínio, enquanto os outros dois esperam do lado de fora aguardando o suspeito que entrou ter o controle total da situação. Logo após fazer o porteiro de refém, os outros suspeitos entram no prédio e invadem os apartamentos, onde subtraem os objetos de valor", concluiu Angelini.

A tentativa de assalto foi na última quarta-feira (5) e as imagens das câmeras de segurança do edifício ajudaram na identificação do suspeito. Durante a tentativa de assalto homem entra no prédio. Em seguida, na tentativa de impedir que ele invadisse os apartamentos, o porteiro reage. Eles entram em luta corporal, até que o criminoso dispara. 

O porteiro, de 60 anos, está internado no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII e a delegada informou que o estado de saúde dele é crítico. Em 2016, ele já havia sido baleado enquanto trabalhava. Na época, bandidos armados também invadiram o edifício.

O preso foi encaminhado ao Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Gameleira. 

Leia mais:
Suspeito de atirar contra porteiro durante assalto no Luxemburgo é preso
Porteiro é baleado pela segunda vez na Raja Gabaglia em tentativa de assalto; assista