O rapaz de 24 anos principal suspeito por ter matado uma mulher de 48, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi preso nesta quarta-feira (3) em Goiás. O homem, segundo a Polícia Civil, é filho da vítima. Ele foi detido mediante mandado de prisão.

O corpo da vítima foi encontrado no último dia 25, já em estado avançado de decomposição. Ela estava enrolada em um cobertor, ao lado de duas mochilas, uma contendo a cabeça e outra os órgãos internos da vítima.

A polícia chegou até o suspeito depois que a família da ex-mulher dele, que mora em Goiás, fez denúncia de ameaça contra o investigado.  O suspeito teria avisado à ex que estava indo ao encontro dela, o que possibilitou o contato entre as polícias dos dois estados.

O rapaz foi preso em Goiânia com base na Lei Maria da Penha, já que ameaçou a ex-mulher. Ele foi encaminhado a Minas Gerais para cumprimento de mandado de prisão pelo assassinato na mãe.

O suspeito desembarcou no Hangar da Polícia Civil, no Aeroporto da Pampulha, no final da manhã desta quarta-feira, sendo, em seguida, conduzido à delegacia para prestar depoimento.

O caso está sendo investigado, mas a polícia acredita que o filho tenha matado a mãe por vingança. Testemunhas relataram que ele teria ido para Piranga, na Zona da Mata, para montar uma boca de fumo.

A vítima teria ligado para os parentes para não receber o suspeito, o que provocou a fúria do homem. O suspeito nega o crime.