O suspeito de matar a menina de 9 anos em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi preso nesta quinta-feira (14).

A criança foi atingida por uma bala perdida durante tiroteio entre bandidos na porta da casa dela na tarde de quarta (13).

O suspeito tem 20 anos e confessou ter participado da ação. Segundo ele a menina não era alvo dos disparos e sim o irmão dela.

Levantamentos realizados pela Polícia Civil apontam que o rapaz seria integrante de uma gangue rival e que o tiroteio teria sido motivado por uma disputa por pontos de venda de drogas.

Segundo o delegado Emerson Morais, que coordenou a ação policial, ao avistar os rivais o suspeito decidiu disparar contra eles e, acidentalmente, acabou atingindo a menina. Estima-se que o disparo tenha sido efetuado a uma distância de 256 metros dos alvos.

O suspeito tem passagem na polícia por tráfico de drogas. Uma carabina calibre 44 passará por exame pericial para confirmar se a arma apreendida foi a mesma utilizada na ação criminosa.