Um homem foi preso na noite desse domingo (27), suspeito de provocar a morte de seu enteado de 3 anos, após espancá-lo em Santa Rita do Sapucaí, no Sul do Estado.

Segundo as polícias Civil e Militar, Allison Fernando de Souza, de 23 anos, agrediu a criança após ficar irritado com o fato de ela estar chorando constantemente.

O homem seguia da zona rural para o centro de Santa Rita do Sapucaí, com a criança dentro do carro. O enteado chorava muito e, em determinado momento do trajeto, a gasolina do veículo acabou, o que deixou Allison ainda mais nervoso.

A criança teria sido atingida inúmeras vezes na cabeça e em outras partes do corpo. A suspeita é que ela tenha morrido devido a um politraumatismo.

O padastro confessou ter percebido que a criança chegou a desmaiar enquanto a agredia, mas ainda assim não prestou o devido socorro. Ao chegar em casa, Alisson deitou a criança na cama onde a deixou. Quando a mãe da criança chegou em casa, percebeu que ela estava morta.

A polícia só foi chamada por um pastor de uma igreja evangélica localizada próxima à casa, que percebeu a confusão, alguns minutos depois.  

Allison já tinha passagem pela polícia por furto e não pagamento de pensão alimentícia e está preso no Presídio de Santa Rita do Sapucaí.